domingo, 13 de dezembro de 2009

Conto invertido

Meu beijo foi roubado,
por um ladrão apaixonado
e por ele meu coração se encantou.
Como num conto invertido,
onde o herói é o bandido,
por quem a mocinha morre de amor.
É um conto assim sem fadas,
príncipes ou varinhas encantadas,
mas que tem lá o seu valor.









Quero me desculpar com todos, mas eh que numa semana complicada,
as horas não cabem no meu dia e ai quando vejo ele acabou e as tarefas se acumularam.
Prometo voltar a ler e comentar nos seus cantinhos nessa semana.

beijo!

7 comentários:

Desabafando disse...

Foi vc que escreveu o poema? Achei fantástico...amei!

Luna Sanchez disse...

Que ótimo, isso, moça!

Morrer de amor, no meu caso, não é uma opção válida. ;)

Beijo, beijo.

ℓυηα

Déia disse...

humm ! um bandido assim todo mundo quer!

Relaxa amor, qdo der vc passa lá e lá e no outro tb!

bjkas

Eve disse...

Agora sim o blog ta do jeito q eu qria !
\0/

Luna Sanchez disse...

Shaaa,

passando pra desejar feliz Natal, e deixar beijos. ^^

ℓυηα

Menina Misteriosa disse...

Amei este conto invertido!
É justamente assim que acontece... o bandido é sempre adorado como herói... pelo menos, acontece assim comigo. E eu morro amor. Mas morro feliz.
Gostei daqui...
Um beijo!

Glayce Santos disse...

...viva o beijo roubado! Morte à ilusão! rs


Adorei, mais uma vez!

beijos

LUZ